Choose your language  •  BA  EN  DE  FR  PT

O RAPAZ

Isild Le Besco

Sarajevo.

A criança de cinco anos está sozinha.

A sua casa é a casa da sua avó. Ela cuida dele. Ele vagueia pela cidade para dar de comer aos cachorros de rua, ir às aulas de piano e ao karaté. Aquece as suas mãos junto ao fogo da “Chama Eterna”.

Depois regressa a casa de eléctrico. É de noite, e está novamente sozinho, no nevoeiro de Sarajevo.

Isild Le Besco

 

Isild Le Besco nasceu em Paris em 1982. Actriz, colabora regularmente com Benoît Jacquot, tendo participado em seis dos seus filmes. Isild começou a realizar ela própria em 2003, com Half-Price, um trabalho original filmado segundo a perspectiva das personagens infantis, unanimemente aclamado pela crítica. Três anos mais tarde realizou Charly, seguido de Bas-Fonds, um filme frontal seleccionado em Locarno em 2010.

 

 

Cinétévé

 

Uma casa de produção independente inaugurada em 1982 por Fabienne Servan Schreiber, sua directora desde então.

O seu currículo conta com mais de 400 horas de conteúdos premiados: longas-metragens cinematográficas, documentários, ficção para televisão em horário nobre, reportagens documentais, gravação de concertos ao vivo, magazines televisivos, programas de curta duração e novos media.

No campo do cinema destacam-se: Calle 54, uma longa-metragem sobre música da autoria do vencedor de um Emmy, Fernando Trueba, declarado o 3º Melhor Filme do Ano pelo New York Times, em 2000, distribuído pela Miramax nos EUA e seleccionado para os festivais de Veneza e Toronto; Daughter of Keltoum, de Mehdi Charef, selecionado no Festival de Toronto de 2001; e Vivre me tue, de Jean-Pierre Sinapi, selecionado no Festival de San Sebastian, em 2002, e vencedor do 1º prémio no Festival de Cabourg, em 2003.

No que diz respeito a antologias e filmes colectivos, assinalam-se: Lumière and Company, selecionado em cerca de 40 festivais, que juntou 40 realizadores numa homenagem ao cinema dos irmãos Lumiére, incluíndo David Lynch, Spike Lee, James Ivory, John Boorman, Michael Haneke, Arthur Penn, Oshima e Yang Zi-Mou; e Visual Telegrams, 30 cineastas pelo ambiente, incluindo Fatih Akin, Rachid Bouchareb, Isabel Coixet, Ronit Elkabetz, Amos Gitaï, Elia Suleiman, Jaco Van Dormael e Jia ZangKe, apresentado na Conferência de Copenhaga sobre Mudanças Climáticas (2009), sob a tutela da ONU.

COM

Ulysse

Amina Husic

Fadila Guska

Sida Mocevic

Marija Ivancevic

ARGUMENTO

Isild Le Besco

 

PRODUÇÃO

Nicolas Hidiroglou

 

DIRECÇÃO DE FOTOGRAFIA

Lada Paradzik

SOM

Allan Omerovic

Igor Camo

 

MONTAGEM

Nihad Usanovic

CO-PRODUÇÃO

PARTICIPAÇÃO

PRODUÇÃO

COM APOIO DE