Choose your language  •  BA  EN  DE  FR  PT

EUROPA

Cristi Puiu

Prisioneiro de uma ficção criada por si mesmo, o senhor Popescu dá à sua mulher uma pequena palestra em História, juntando os pedaços dissonantes de um puzzle eternamente incompleto.

Cristi Puiu

 

Cristi Puiu nasceu em Bucareste em 1967. Como estudante do departamento de Pintura na École Supérieure d’Arts Visuels em Genebra, filmou várias curtas-metragens e documentários em 1990. Depois de regressar à Roménia, continuou a pintar e a co-escrever guiões com Razvan Radulescu e Lucian Pintilie. Em 2001 realizou o seu filme de estreia, Stuff and Dough, um “road movie” filmado com câmara à mão num estilo quase documental. O filme foi selecionado para a Quinzena dos Realizadores em Cannes e recebeu vários prémios em festivais de cinema internacionais, nomeadamente no Thessaloniki International Film Festival. Depois de receber o Urso de Ouro para Melhor Curta-Metragem em 2004, com Cigarettes and Coffee, Cristi Puiu filmou The Death of Mr. Lazarescu, que ganhou o Prémio Un Certain Regard em Cannes em 2005, entre muitos outros prémios. Aurora é o segundo capítulo na série Six Stories from the Outskirts of Bucharest e é o terceiro filme de Cristi Puiu. Estreou em 2010 no Festival de Cinema de Cannes na secção Un Certain Regard.

 

 

Obala Art Centar

 

A associação Obala Art Center foi fundada em Sarajevo em 1984 com o propósito de desenvolver e promover actividades culturais, artísticas e educativas dos seus membros e de outros cidadãos. Parte integral do seu programa são os valores tradicionais da criação artística, particularmente no campo do Cinema, Belas-Artes, Artes Performativas e Música, tal como o avanço do pensamento filosófico. Em 1995, o Obala Art Center lançou o Sarajevo Film Festival, que desde então se tornou um dos eventos culturais mais importantes da região do Sudeste da Europa. Hoje em dia, além da organização anual do festival, o Obala Art Center produz e distribui filmes, gere um cinema de art-house e organiza diferentes actividades educacionais, geralmente no campo dos media e cultura visual.

 

 

deFilm

 

A deFilm  foi concebida como uma produtora independente em 2009, quando um pequeno grupo de jovens cineastas se juntaram para partilhar a sua paixão pela imagem visual.

Acreditamos que produzir um filme é um processo complexo de equilibrar a vertente financeira e organizacional, por um lado, e a vertente artística, por outro. Aprendemos com várias experiências que é muito importante encorajar os artistas a expressarem-se a si próprios, ao mesmo tempo que se garante a fluidez do projecto nos parâmetros previstos.

A deFilm defende a eficácia na execução, um ambiente sem stress, que nasce da paixão e do prazer. Na indústria de cinema dos dias de hoje, com equipas cada vez mais rápidas e ligeiras, câmaras digitais cada vez mais eficazes, e valores aceitáveis para filmar em película, procuramos alcançar o melhor desempenho, encarando cada projecto como único, com sabedoria e inovação.

 

 

Digital Cube

 

Criada em 2010, a Digital Cube é a casa de pós-produção romena que oferece soluções completas para o cinema digital.

A Digital Cube fornece aos cineastas na Roménia e na Europa do Leste um processo de pós-produção que começa no plateau, continua até à correcção de cor e termina na sala de cinema com a codificação DCP e o mastering.

COM

Marian Râlea

Valeria Seciu

 

ARGUMENTO

Cristi Puiu

PRODUÇÃO

Mirsad Purivatra

Izeta Gradević

Jovan Marjanović

 

CO-PRODUÇÃO

Cristian Nicolescu

Radu Stancu

DIRECÇÃO DE FOTOGRAFIA

Luchian Ciobanu

 

SOM

André Rigaut

 

MONTAGEM

Ion Ioachim Stroe

CO-PRODUÇÃO

PARTICIPAÇÃO

PRODUÇÃO

COM APOIO DE